top of page
  • levonclinicacapila

O que o estresse pode causar no seu couro cabeludo

O estresse é uma condição comum na vida moderna e pode desencadear uma série de sintomas físicos e emocionais. Quando se trata da perda de cabelo, o estresse pode desempenhar um papel significativo. Aqui estão alguns sintomas de estresse que podem contribuir para a queda de cabelo:

  1. Queda excessiva de cabelo: O estresse prolongado pode levar à chamada "eflúvio telógeno", um tipo de perda de cabelo temporária que ocorre quando um grande número de fios entra na fase de repouso (telógena) e, eventualmente, cai. Isso resulta em uma quantidade maior de cabelo caindo durante o penteado, lavagem ou escovação.

  2. Afinamento capilar: O estresse crônico pode levar a alterações hormonais no corpo, desequilibrando os níveis de hormônios relacionados ao crescimento capilar. Isso pode resultar em um afinamento progressivo dos fios, tornando o cabelo mais frágil e propenso a quebra.

  3. Couro cabeludo desequilibrado: O estresse pode afetar negativamente o equilíbrio natural do couro cabeludo, levando a problemas como coceira, descamação e inflamação. Essas condições podem interferir no ciclo de crescimento do cabelo e contribuir para a queda excessiva.

  4. Tricotilomania: Em situações de estresse intenso, algumas pessoas podem desenvolver comportamentos compulsivos de puxar ou arrancar os cabelos, conhecido como tricotilomania. Esse hábito repetitivo pode levar à perda permanente do cabelo em áreas afetadas.

  5. Má circulação sanguínea: O estresse crônico pode afetar a circulação sanguínea, incluindo a do couro cabeludo. Uma má circulação sanguínea pode resultar em menos nutrientes e oxigênio sendo fornecidos aos folículos capilares, prejudicando o crescimento saudável dos fios.

É importante lembrar que a perda de cabelo relacionada ao estresse geralmente é reversível e o crescimento do cabelo pode retornar ao normal após o controle do estresse. Se você está enfrentando uma perda excessiva de cabelo e suspeita que o estresse possa ser um fator contribuinte, é aconselhável procurar a orientação de um médico ou especialista em cabelos para obter um diagnóstico adequado e um plano de tratamento apropriado.

5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentarios


bottom of page